segunda-feira, 9 de setembro de 2019

69% dos alunos de cursos de tecnologia não se formam

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação – Brasscom – 69% dos alunos de cursos de TI acabam evadindo os estudos. Em 2017, foram 120.212 matrículas, sendo que desse número apenas 31% concluiu o curso, e os demais acabaram desistindo. Ainda segundo a associação, considerando as evasões anuais, o número é de 32,7%.

Quanto a demanda por profissionais, esse ano a Brasscom espera a abertura de 33.019 vagas. Em 2024, a associação tem expectativa de que a economia brasileira demande de 125.710 vagas. Somando a demanda de vagas até 2024 e subtraindo pelo número de formando, daqui 5 anos irão faltar aproximadamente 260 mil profissionais para vagas de TI.

Em entrevista à Globo News, o presidente da Brasscom, Sérgio Paulo Gallindo declarou que os estudos apontaram um dos principais motivos da evasão: motivos socioeconômicos. Segundo Sérgio Paulo, a maioria dos estudantes evadidos vêm de instituições privadas, ou seja, dada a falta de bolsas e incentivos como Prouni e Fies; outros motivos seriam a desatualização dos currículos e também a falta de qualificação dos profissionais.

Como consequência disso tudo, ao longo dos anos o país terá um atraso economicamente, já que empresas demandam de profissionais, porém as instituições não estão qualificando nem formando seus alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário