PLUG DOAÇÕES

terça-feira, 27 de julho de 2021

Jogos educativos ajudam o estudante?

 

O ato de estudar é extremamente importante para uma aprovação em um concurso e vestibular, mas hoje com base em estudos, se descobriu que relaxar e descansar pode ser muito efetivo e pode determinar a sua aprovação, muitos tentam achar um ponto de equilíbrio entre ser produtivo em seus estudos e os jogos educativos podem ser um excelente aliado.

Este artigo não tem a intenção de convencer você a deixar de estudar tradicionalmente, mas sim, promover que utilizar jogos educativos podem te ajudar a relaxar e tirar o seu sentimento de culpa por não estar focado em seus estudos.

Existem muitas plataformas que oferecem jogos educacionais, como por exemplo a Aplitech Jogos, que é um streaming de jogos mobile gratuito, onde você não precisa efetuar downloads, basta acessar, escolher um jogo e jogar.

Algo comum em avaliações hoje são os testes de raciocínio lógico, estes testes são muito importantes, não somente para medir a sua inteligência, mas também para entender como você chega a conclusões e como você entende questionamentos, no site existe uma categoria especial para este tipo de jogo.

Além dos jogos novos que trabalham o raciocínio lógico, você também tem jogos tradicionais como Xadrez e Resta Um, que são incríveis para treinar sua habilidade de concentração e resolução de problemas.

Não existe uma fórmula mágica para determinar quando é hora de estudar, quanto estudar por dia e qual é a hora de relaxar, mas conseguimos entender que esta hora de relaxar precisa estar na sua agenda para que você consiga absorver o conteúdo, que você mais investiu tempo e energia.

Junto de relaxar, uma outra ideia pode ser se desconectar dos ambientes eletrônicos, praticar esportes, manter contato social, para que seu esforço em seus estudos seja potencializado, fazer tudo isso que está sendo apresentado pode ser a diferença entre a aprovação ou ir tentar mais um ano.

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Navegador Mozilla Firefox passa por atualizações nesse mês

Para se adequar ao público, o navegador adquiriu um design totalmente renovado com base em informações coletadas sobre seu uso, considerando as preferências básicas dos usuários e elementos mais modernos para seu layout.
Os desenvolvedores analisaram que 43% dos cliques vão para a área das guias, enquanto apenas 5% é destinada à barra de favoritos. Desta forma, a nova versão 89 para PCs e smartphones levará em conta todos os hábitos das pessoas, simplificando ao máximo sua experiência.

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Software de e-mail tinha easter egg escondido no Windows 95

Um segredo escondido há 25 anos no Windows 95 foi revelado pelo desenvolvedor de software Albacore. O easter egg estava oculto no Internet Mail, cliente de e-mails nativo do sistema operacional, e, quando ativado, exibe os créditos relacionados aos responsáveis pela aplicação, ao estilo das rolagens vistas no cinema e semelhante a outra brincadeira do tipo, que já havia sido descoberta na plataforma.

Para acessar a lista de créditos basta seguir os passos:
- acessar o menu de Ajuda do programa nativo de e-mail - selecionar a opção “Sobre”
- selecionar o primeiro arquivo DLL exibido em uma lista e digitar a palavra “mortimer” no teclado para que a janela secreta fosse aberta para exibir os nomes dos responsáveis pelo software.

Além dos responsáveis em si, o easter egg revela nomes preliminares do programa de correio eletrônico, que internamente parecia ser chamado de Athena ou Thor. A janela com os nomes se fecha após o final da rolagem dos créditos, que exibe não apenas os desenvolvedores, mas também os responsáveis pelos testes do Internet Mail e aqueles que prestaram apoio ou assistência à solução que, para muita gente, representou o primeiro contato com a comunicação por e-mail.

 Fonte: Canaltech

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Plug Doações: o projeto que conecta doadores a estudantes

 
Projeto criado pelo casal gaúcho Álisson Rodrigues Martins e Manoella Treis conecta pessoas que desejam doar eletrônicos com pessoas que precisam desses para estudar.

Funciona da seguinte forma: a pessoa preenche o formulário com os dados de contato, estado e cidade, além de qual equipamento pode doar no endereço plugdoacoes.com.br; os estudantes preenchem com os mesmos dados e o equipamento que precisam. A partir desses dados, o projeto verifica as informações, cruzam os dados compatíveis e verificam se é seguro. Dessa forma, o Plug Doações conecta o doador com o estudante, para que eles combinem a entrega do eletrônico da melhor forma possível para ambos.

Quem pode receber os equipamentos? Estudante do 6º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio, ou está estudando para o ENEM e vestibular ou estudante de graduação e precisa de um equipamento.

Quem não possui equipamentos para doar, pode contribuir com valores em dinheiro. Basta acessar o site do projeto. Siga também no Instagram: @plugdoacoes.

sexta-feira, 26 de março de 2021

Jovem compra iPhone na internet e recebe uma mesa

As compras online aumentaram bastante ultimamente devido à quarentena. Se tornou uma prática tão cômoda que muitas vezes o internauta pode comprar algo sem ler a descrição corretamente.

Foi o que aconteceu com o jovem tailandês anônimo da foto abaixo: navegando, ele deu de cara com o anúncio de um iPhone muito em conta. Achando que estava fazendo uma boa aquisição, decidiu comprar. Quando recebeu em casa, era uma mesa em formato de iPhone 7...

Ao final de tudo, o anúncio visto pelo rapaz realmente se tratava de uma mesa. A empresa fabricante é a sul-coreana Ten by Ten, que cria móveis bem diferenciados.

A mesa está disponível em três cores (dourado, vermelho e ouro rosa) e custa ₩310 mil (algo em torno de R$1,5 mil).

Hackers vazam quase 1 milhão de senhas de internautas brasileiros

Segundo a empresa de serviços de segurança da informação ISH Tecnologia, esse golpe deixou 900 mil senhas expostas e que já estão sendo vendidas na dark web por “módicos” R$ 9,5 mil.

De acordo Allan Costa, diretor de inovação da ISH, até agora, cerca de 500 mil pessoas foram afetadas pelo golpe. Essa prática é chamada de “phishing”, que nada mais é do que o uso de artimanhas para enganar e induzir as pessoas a compartilharem informações confidenciais.

Nesse caso, a forma escolhida foi o disparo de milhões de e-mails em nome de operadoras de telefonia com boletos em “pdf” alegando faturas em atraso. Obviamente, as empresas não tiveram qualquer participação nesse ato. Mas quem fez o download da tal fatura teve um software malicioso instalado no computador.

Esse “malware” identificado pela ISH copia todas as senhas salvas no navegador da vítima e envia para um servidor remoto criado pelos hackers. O usuário não percebe nada diferente no computador, mas todas as suas credenciais estão sendo copiadas.

Prevenção:
  • fique atento a mensagens, recebidas em nome de alguma instituição, que tentem induzi-lo a fornecer informações, instalar/executar programas ou clicar em links;
  • questione-se por que instituições com as quais você não tem contato estão lhe enviando mensagens, como se houvesse alguma relação prévia entre vocês (por exemplo, se você não tem conta em um determinado banco, não há porque recadastrar dados ou atualizar módulos de segurança);
  • fique atento a mensagens que apelem demasiadamente pela sua atenção e que, de alguma forma, o ameacem caso você não execute os procedimentos descritos;
  • não considere que uma mensagem é confiável com base na confiança que você deposita em seu remetente, pois ela pode ter sido enviada de contas invadidas, de perfis falsos ou pode ter sido forjada;
  • seja cuidadoso ao acessar links. Procure digitar o endereço diretamente no navegador Web;
  • verifique o link apresentado na mensagem. Golpistas costumam usar técnicas para ofuscar o link real para o phishing. Ao posicionar o mouse sobre o link, muitas vezes é possível ver o endereço real da página falsa ou código malicioso;
  • utilize mecanismos de segurança, como programas antimalware, firewall pessoal e filtros antiphishing.

Com informações de CNN Brasil

quarta-feira, 24 de março de 2021

Censo perde 90% da verba e IBGE diz que corte torna pesquisa inviável

O Censo populacional, que seria realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) neste ano, perdeu mais de 90% de sua verba, conforme o parecer final do Orçamento federal, apresentado pelo relator-geral, senador Marcio Bittar (MDB-AC).

Segundo informação da Agência Câmara de Notícias, o parecer retira R$ 1,76 bilhão do Censo, ante previsão anterior de R$ 2 bilhões para realização da pesquisa.

Segundo o IBGE, em nota, se confirmado, o corte de verba inviabilizará a realização do Censo este ano. A pesquisa era prevista originalmente para 2020, mas foi adiada devido à pandemia.

"O país necessita das informações geradas pelo Censo, que são essenciais para subsidiar políticas públicas em diversas áreas, especialmente em um contexto de pandemia, onde esses dados são estratégicos para o avanço da vacinação e para o planejamento de infraestrutura em saúde", afirmou o órgão estatístico, na nota.

Vale lembrar que no ano passado, foram publicados dois editais com oferta de mais de 200 mil vagas para o Censo 2020. Entretanto, por conta da pandemia, ambos foram cancelados. As seleções foram republicadas agora em fevereiro e já estão com inscrições encerradas. A aplicação das provas é prevista para 18 e 25 de abril.

Fonte: Uol.com.br