quarta-feira, 6 de março de 2019

Polícia de São Paulo encontra mineradora de bitcoin do PCC

Parece que o tráfico de drogas e assaltos não estão dando tanto lucro quanto investir em bitcoin. Após uma denúncia anônima, a PM de SP localizou uma mineradora de bitcoin pertencentes a membros do grupo PCC. Segundo a denúncia recebida, a mineradora era usada para lavar dinheiro oriundo de  ações criminosas do PCC, como por exemplo, assaltos, tráfico e contrabandos.
O caso foi ao ar na emissora RedeTV!, no programa Operação de Risco. Em entrevista ao apresentador, os policiais declararam que a descoberta foi atípica: "A ocorrência com esta especificidade eu nunca deparei. Nem eu nem os policiais que estavam comigo nos deparamos com uma ocorrência do tamanho e sofisticação do crime”, respondeu o tenente Goulart.".

Por conta de ser um caso incomum, os policiais enviaram fotos do equipamento a um especialista, o qual confirmou que se tratava de uma mineradora de bitcoin. Também foram encontrados um notebook, um cofre e uma maquininha de cartão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário