terça-feira, 23 de abril de 2019

Plataforma que ensina programação será implantada em escolas do Sesi em MS

A RoboGarden é uma plataforma desenvolvida no Canadá e que permite ao aluno sair do Ensino Médio capaz de programar nas linguagens Java e Phyton. A partir de ontem (22/04, segunda-feira) a plataforma passou a integrar a grade curricular das escolas da Rede de Ensino do Sesi em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá, Aparecida do Taboado, Maracaju e Naviraí no estado do Mato Grosso do Sul.

Implantado como um projeto piloto extracurricular na unidade da Capital, a plataforma agora fará parte da rotina dos alunos do Ensino Fundamental, que, a cada 15 dias, irão ao laboratório de informática para, brincando, aprender a programar e, ao mesmo tempo, reforçar o conteúdo de diversas disciplinas aplicadas em sala de aula.

A plataforma é baseada em jogos virtuais e funciona como um videogame: para passar de fase, o aluno deve programar corretamente os desafios que é dado. Para isso, cada aluno participante do projeto recebe uma senha e um login que dão acesso ao RoboGarden. O projeto prevê que ao chegar no ensino médio, o aluno já esteja familiarizado com programação em bloco, como Java e Phyton.

Na semana passada, a turma do 6º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi da Capital participou de uma aula experimental utilizando a RoboGarden. O professor Roberto Pereira Teodósio, que leciona a disciplina de Matemática, destacou as primeiras impressões da estreia dos alunos na plataforma. “Para além da parte do raciocínio lógico, foi possível perceber que haverá uma interação muito grande com a Língua Inglesa e também estratégias de resolução de problemas. Será uma plataforma que, de forma lúdica, vai ampliar a facilidade de aprendizado de diversas disciplinas pelo aluno”, considerou.

Informações do site Agora MS

Nenhum comentário:

Postar um comentário